Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Do beijo...

por FS, em 26.06.15

Sou adepto fervoroso deste cumprimento.

Não sei que raio de explicação evolucionária haverá para este ritual humano presente em tantas culturas, mas que tem vingado ao longo dos tempos. Ainda resiste. Mas mais do que o corriqueiro, e circunstancial, beijo na face entre conhecidos de sexo oposto, ou entre senhoras, fascina-me o beijo entre homens.

Porquê? Porque socialmente provoca pasmo, e às vezes indignação. Porque é sinal de uma forte ligação afectiva, que não se importa com os comentários alheios.

 

Eu, por exemplo, ainda hoje beijo os irmãos dos meus pais na face... Eu com quarenta e eles na casa dos setenta. Às vezes estendem-me a mão, para me cumprimentar, mas não desarmo. Aperto com veemência e avio-lhes um beijo. Tomem lá! Sorriem e amolecem logo a seguir...

 

E hei-de fazer isso aos meus sobrinhos, já a cair da tripeça! Hei-de os fazer passar vergonhas em frente às namoradas...

Mas tenho a certeza que me hão de entender... Ou então perdoar!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D