Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Fashion Police

por FS, em 24.09.15

title_fashion_v2.jpg

 

Sempre pensei que a maioria das pessoas escolhe a roupa que usa por razões muito pessoais, que podem ir do simples marcar uma posição (como foi o início do Punk), para se identificarem com uma determinada tribo urbana (góticos, betos, etc), para não terem de pensar e apenas se sentirem confortáveis (sendo o exemplo extremo as personagens que vestem fato de treino ao fim-de-semana), ou para se sentirem de certa forma atraentes e com estatuto perante os pares e/ou potenciais parceiros sexuais (e peço desculpa pelo discurso pseudo-técnico, mas foi a melhor forma que encontrei de o descrever).

 

Ora, é com algumas pessoas desta última categoria ("para se sentirem de certa forma atraentes e com estatuto perante os pares e/ou potenciais parceiros sexuais") que o meu pequeno cérebro neanderthal bloqueia e entra em loop.

E esta minha paragem não acontece por haver pessoas que se vestem com esse propósito (consciente ou inconsciente), até porque acho que a esmagadora maioria o faz (inclusivamente os "desalinhados" das tendências da moda tentam parecer mais atraentes segundo os padrões da sua "tribo"), mas porque na maior parte das vezes essas pessoas dão importância à opinião de uma miríade de críticos experts desta área (leia-se, da moda) que não se enquadram no "público alvo": nem são pares, nem são eventuais parceiros amorosos!

 

Confusos? Acredito... Vou retirar os "pézinhos de lã" à minha escrita, correr o risco de ser vaiado e apupado por ser mal interpretado (mas cá estarei para esclarecer as dúvidas), e vou concretizar a minha ideia:

Expliquem-me, pela alminha da Santa, porque é que há mulheres que ligam tanto à opinião dos críticos de moda homens homossexuais?

 

Porque é que, por exemplo, o Cláudio Ramos há-de ter uma opinião de relevo em relação ao que as mulheres devem ou não vestir??? O senhor não encaixa em nenhuma das categorias: não é um par, porque é homem; não é um potencial parceiro amoroso, porque é gay! Então porquê dar tanta importância ao que esta criatura opina acerca disso? Ele não vai poder dizer com conhecimento e validade empírica "eu vestia aquilo, mas noutra cor para salientar a cor da minha pele", nem por outro lado vai poder dizer "acho que uma mulher vestida dessa forma fica super atraente, sem ficar vulgar"! Então, de que vale a opinião dele, Jasus?...

 

Não me faz sentido, desculpem... Mas a verdade é que proliferam nos media, como cogumelos...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D