Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


e a melhor altura é?...

por FS, em 12.08.16

Há coisas que nunca têm o momento certo para acontecer. Por mais que se pense e racionalize a coisa, há sempre um "mas"...

Terminar uma relação de dez anos, por exemplo, é uma delas, mesmo para quem toma a iniciativa...

Quando a outra pessoa está a atravessar um momento duro de trabalho, é injusto. Pensa-se "e vou agora impor mais esta pressão e esta dor?" E às tantas apercebes-te que a profissão da outra pessoa está sempre ao rubro.

E quando o ambiente até está mais calmo, pensas se afinal não será precipitação tua, e que as coisas podem melhorar... mas não melhoram.

Depois há a questão das datas. Acontecer algo parecido próximo do Natal ou de aniversários de pessoas queridas é associá-las ao momento. E queremos mesmo ensombrar essas alturas na vida de alguém por quem tem estima e carinho, mas já não sentes "aquilo"?

E antes de ires de férias? Vais, mais uma vez, estragar aquele momento do ano em que é suposto aa pessoas descansarem e restabelecerem forças?

Cheguei à conclusão que não há momentos ideais para as coisas más... acontecem e pronto... e cada um que se aguente da melhor forma, porque melhores tempos virão, seguramente...

E foi isso que fiz...

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Rita a 15.08.2016 às 15:37

Não existe piores ou melhores alturas para terminar uma relação que por sinal na verdade, já nem existe. É só oficializar por mais que nos custe! Foi o que fiz também! como o povo diz: "a Vida é mesmo assim!"..

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D